Margareth Menezes fala sobre os blocos afros da Bahia no episódio inédito de “O Enigma da Energia Escura”, no GNT

O próximo episódio inédito de “O Enigma da Energia Escura”, apresentado por Emicida no GNT, discute como os blocos afros da Bahia foram responsáveis por disseminar conhecimentos sobre a cultura dos países africanos. Para falar sobre esse tema, ninguém melhor do que Margareth Menezes, cantora de “Eu falei faraó”, uma das músicas mais tocadas no Carnaval de Salvador. Na série documental, que vai ao ar nesta quarta, dia 25, a artista e outros convidados comentam sobre como esse movimento ajuda, até hoje, a popularizar e a recontar parte da história da África, do Brasil, e, por consequência, da diáspora africana. O episódio conta ainda com a participação do músico e compositor Luciano Gomes e da antropóloga e professora doutora Ângela Figueiredo. Desenvolvida por Emicida e Evandro Fióti e produzida por Fióti por meio da Laboratório Fantasma, a série documental é exibida às quartas, às 23h30, e também estará disponível no Globoplay.

foto
Reprodução
Para assistir a qualquer hora do dia: Canais Globo

Para conferir trechos com os melhores momentos: YouTube

Para saber tudo o que acontece nos bastidores: Instagram Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.