ELAS anuncia workshop Passaporte Wakanda – O despertar da autoestima da mulher negra

Kaká Rodrigues -Passaporte Wakanda
Kaká Rodrigues -Passaporte Wakanda

A busca constante pela autoestima é comum a todas as pessoas, principalmente quando o assunto é o mercado de trabalho. Historicamente, a mulher sempre ocupou um espaço inferior ao do homem na sociedade – a mulher negra, por sua vez, enfrenta diariamente, questões ligadas ao racismo, além daquelas referentes somente ao machismo.

Pensando nisso, a ELAS, primeira escola brasileira de liderança feminina, criou o workshop Passaporte Wakanda, voltado para fortalecer a autoestima da mulher negra. As próximas edições acontecem no dia 17 de julho e no dia 15 de agosto. As inscrições são gratuitas e as vagas limitadas.

Segundo a pesquisa Estatísticas de gênero – Indicadores sociais das mulheres no Brasil, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as mulheres são quase 6% mais escolarizadas que os homens, porém apenas 39,1% dos cargos de liderança (públicos ou privados) são ocupados por elas. O mesmo estudo ainda revela as lacunas existentes entre as próprias mulheres, segundo cor ou raça: 23,5% das mulheres brancas têm ensino superior completo, 2,3 vezes maior que o de mulheres pretas ou pardas (10,4%).

Ainda dentro do mundo corporativo, o salário médio de uma mulher negra, com emprego formal, é menos da metade do salário de um homem branco. De acordo com a Relação Anual de Informação Social (Rais), do Ministério do Trabalho, elas ganham R$ 790,00 por mês, enquanto eles chegam a receber R$ 1.671,00 por mês.

Outros dados que chamam a atenção são referentes à violência contra as mulheres. Segundo um estudo feito pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), a taxa de feminicídio contra mulheres negras cresceu 54%, enquanto para mulheres brancas o número diminuiu 9,8% de 2003 para 2013.

Foi em busca pela igualdade de gênero e visando a diminuir a lacuna entre mulheres de diferentes etnias que a ELAS, primeira escola de liderança feminina do Brasil, criou um workshop cujo conteúdo é totalmente voltado para as mulheres negras. Com a iniciativa, lançada no primeiro semestre de 2019, o número de mulheres negras no Programa ELAS saltou de 5% para 30% — uma conquista importante em termos da formação de líderes do gênero feminino cada vez mais diversas e aumento da representatividade.

No workshop, denominado “Passaporte Wakanda”, as cofundadoras Carine Roos e Amanda Gomes, em parceria com Kaká Rodrigues, aluna do Programa ELAS, buscam fortalecer a autoestima das alunas.

“Ter a oportunidade de conduzir, em parceria com a Escola ELAS, mulheres negras em uma jornada de autoconhecimento e reconstrução da autoestima e poder pessoal tem sido mais do que uma grande responsabilidade, mas também um prazer e uma honra. A autoestima para mim é o que faz a diferença para que as pessoas sejam bem-sucedidas e felizes. Acredito que a cura dessas mulheres pelo amor próprio é a cura da nossa humanidade, e falo isso com conhecimento de causa, porque essa é a minha história. Foi por meio do autoconhecimento que me reconheci como mulher negra e me apoderei da força da minha história, do meu propósito de vida e da minha missão de acompanhar essas mulheres de volta à sua essência e potência, para que elas possam co-criar as suas vidas extraordinárias”, afirma Kaká.

Cerca 150 mulheres negras já participaram dos workshops desenvolvidos pela escola. Já o Programa ELAS, que se aproxima da sua 11ª edição, certificou 25 mulheres negras até o momento.

Confira a agenda do “Passaporte Wakanda” para mês de julho e agosto:

17/07

Passaporte Wakanda – MY C.OW

Link para inscrição: www.sympla.com.br/passaporte-wakanda—despertando-a-autoestima-da-mulher-negra-para-uma-nova-era–my-cow__564788

15/08

Passaporte Wakanda – Unibes

Link para inscrição: www.sympla.com.br/passaporte-wakanda—despertando-a-autoestima-da-mulher-negra-para-uma-nova-era–unibes-cultural__538254

Sobre a ELAS:

Criado em agosto de 2017 e alinhado aos Sete Princípios do Empoderamento das Mulheres nas empresas defendida pela ONU, a ELAS (Exercendo Liderança com Assertividade e Sabedoria) é a primeira Escola de Liderança e Desenvolvimento voltada para mulheres que buscam assumir posições de destaque nas empresas ou na sociedade. Além de oferecer workshops, palestras e mentorias, a Escola se destaca por um curso exclusivo chamado Programa ELAS, sendo a formação mais completa e intensa da Escola de Liderança.

A Escola nasceu para promover mudanças rápidas e concretas na vida das pessoas e nos resultados das empresas, tendo como missão ser referência no desenvolvimento de mulheres no Brasil. A ELAS respeita a essência e o talento de cada aluna, garantindo uma medição do desempenho e da evolução pessoal promovido pelo treinamento.

Sobre Carine Roos:

Formada em Sociologia pela Universidade de Brasília e em Comunicação Social pelo Centro Universitário UniCEUB, Carine é especialista em Equidade de Gênero e Inovação há mais de dez anos. Atualmente é CEO da UPWIT (Unlocking the Power of Women for Innovation and Transformation) ou Destravando o Poder das Mulheres para Inovação e Transformação, uma consultoria em inteligência e equidade de gênero e inovação. Foi consultora de instituições voltadas à tecnologia, comunicação e Direitos Humanos, como o Comitê Gestor de Internet (CGI.br), a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), a UNESCO, a UNICEF, o Ministério da Saúde, entre outros.

Possui certificação internacional em Gerenciamento em Inovação Social pela Amani Institute. Possui certificação internacional em Professional & Self Coaching pelo Instituto Brasileiro de Coaching, é certificada em Practicioner pela Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística, é hipnoterapeuta Ericksoniana certificada pelo ACT Institute e especialista em análise comportamental DISC pela E-talent. É ainda coautora e editora do eBook Mulheres Líderes na Tecnologia: como promover a equidade de gênero e reter talentos nas empresas.

obre Amanda Gomes:

Formada em Administração de Empresas e pós-graduada em Gestão de Varejo pela FIA-USP e com MBA Executivo pela Fundação Dom Cabral, Amanda tem mais de 20 de experiência no mundo corporativo exercendo funções de alta liderança em grandes empresas. Atualmente é CEO da AMG Inovação, uma boutique de treinamentos na área de liderança e desenvolvimento comportamental para empresas e mentoria de empresários. É especialista na área de análise comportamental DISC, Practitioner em Programação Neurolinguística, Life, Business e Career Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching. Participou da formação UPW com Anthony Robbins nos EUA para aprimoramento em competências de empoderamento pessoal.

Autora do eBook As 10 premissas para se conquistar autoridade no ambiente de trabalho, coautora do livro Atitudes de Alta Performance com o Coaching e idealizadora dos programas de desenvolvimento Líderes para a Vida e Líder Águia.

Sobre Kaká Rodrigues:

Formada em Tecnologia da Informação e Gestão de Negócios e pós-graduada em Mercado Financeiro e Gestão de Pessoas com Coaching, Kaká atua há 15 anos no mercado financeiro, atualmente como mediadora de conflitos. É mestranda em administração pela FEI São Paulo, realizando pesquisas na área de comunicação não-violenta e gestão de conflitos. É especialista em análise comportamental Coaching Assessment, Master Practitioner em Programação Neurolinguí e Master Coach Sistêmico formada pelo Instituto Brasileiro de Coaching. Kaká foi aluna do Programa ELAS em xxx e hoje trabalha ao lado das cofundadoras em workshops voltados para mulheres negras.

Loading...
Sobre assessoria@blocotomecontademim.com.br 196 Artigos
assessoria@blocotomecontademim.com.br

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.