Mês da Consciência Negra é destaque na plataforma #CulturaEmCasa

Mês da Consciência Negra é destaque na plataforma #CulturaEmCasa
Reprodução

A plataforma #CulturaEmCasa terá conteúdos especiais para o mês da Consciência Negra. Entre as principais atrações estão o I Festival Cinema Negro em Ação, o lançamento do Museu Itamar Assumpção (MU.ITA), com show de Anelis Assumpção, debates e lives. Criada em abril pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, e gerida pela Organização Social Amigos da Arte, a plataforma já atingiu cerca de 2 milhões de visualizações e 1,5 mil conteúdos disponibilizados.

O MU.ITA é o primeiro museu virtual de um artista negro brasileiro e o primeiro a ser traduzido para iorubá, a língua-mater nigero-congolesa. É uma instituição privada sem fins lucrativos, fundada em 2020 pela família de Itamar Assumpção e trata-se do mais importante acervo de arte de um músico e artista da palavra do Brasil, com mais de 2 mil itens reunidos, incluindo desenhos, músicas, objetos, teses acadêmicas sobre sua obra, fotografias, textos, vídeos, figurinos e acessórios originais, das mais diversas fases da vida e carreira de Itamar. O show virtual de lançamento do Museu Itamar Assumpção, Oferendacom Anelis Canta Itamar Assumpção, acontece no Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, às 21h30.

Já a exibição do I Festival Cinema Negro em Ação, também pela plataforma #CulturaEmCasa, faz parte do projeto Ponte Aérea Cultural, uma parceria da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e da Secretaria de Cultura do Rio Grande do Sul. Todos os filmes são de realizadores negros e negras. A maioria dos trabalhos selecionados leva assinaturas de mulheres e os concorrentes são de estados de todas as regiões do Brasil e também de Portugal. O primeiro filme a ser exibido é Onde arde o fogo sagrado da liberdade, dos cineastas De Cabral a George Floyd e direção de Paulinho Sacramento. A transmissão ocorre no dia 20 de novembro, às 22h30. As películas – longa e curta metragens, videoclipes e videoarte – serão exibidas até o dia 27 de novembro.

E na segunda-feira, 16 de novembro, às 17h, a série #DiálogosNecessários traz como convidado Jeferson De, um dos mais proeminentes nomes do cinema negro brasileiro. O cineasta indaga como tornar as produções audiovisuais mais representativas da complexidade e da diversidade da cultura brasileira, possibilitando assim a ampliação de nossos horizontes, cosmovisões e promovendo questionamentos sobre a desigualdade que fundou a sociedade brasileira. A moderação será feita pelo historiador e escritor João Cezar de Castro Rocha.

“No momento que atravessamos, acreditamos ser de extrema importância ações que comunguem com a evolução social do país, oferecendo programação cultural que envolvam produções de artistas negros e negras e também discutindo a questão do racismo, infelizmente ainda latente em nossa sociedade. Desde seu lançamento, a plataforma #CulturaEmCasa aborda o tema através de lives como o show de Dom Salvador, debates como Machado de Assis e o Racismo à Brasileira, palestras sobre racismo cultural, entre outros. Todos estes conteúdos podem ser acessados gratuitamente na plataforma”, afirma Danielle Niogromonte, diretora-geral da Amigos da Arte.

Serviço:

Plataforma:

 www.culturaemcasa.com.br

Redes Sociais:

http://www.facebook.com/culturaemcasasp/

http://www.instragram.com/culturaemcasasp/

http://twitter.com/culturaemcasasp

Sobre Victor Miller 19 Artigos
Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta