Feat de Daniela Mercury com Caetano Veloso é premiado no POC AWARDS 2019

poc awards

Com 24 categorias, a premiação do POC AWARDS 2019 chega ao fim e divulga os vencedores nesta terça, dia 24. Júri e público do GAY BLOG BR elegeram os destaques do ano em cinema, música, ativismo, marketing, turismo, personalidade e humor. Entre os vencedores, héteros também ilustram a lista, como Felipe Neto, Titi Müller e Rodrigo Hilbert.

“Os indicados do POC AWARDS foram escolhidos através das matérias mais lidas no GAY BLOG BR. Desde o resultado das eleições de 2018, o público tem se engajado mais com personalidades ligadas às causas sociais e aos Direitos Humanos que, não necessariamente, são LGBT+. Na última premiação, Ciro Gomes foi o grande vencedor na categoria ‘Boy Magia’, seguido do ativista Todd Tomorrow e do ator Caco Ciocler. Era de se esperar que Felipe Neto se destacasse como ‘iniciativa do ano’ ao lado de grandes instituições com pautas exclusiva para LGBT+”, comenta Vinícius Yamada, editor chefe do GAY BLOG BR. “O público anda muito atento às marcas e artistas que prospectam o ‘pink money’ e se omitem ao defender a comunidade LGBT+ quando precisa. O oportunismo é rapidamente exposto entre os LGBT+. Não há relação sem reciprocidade, o relacionamento abusivo e tóxico não é tolerado mais em nenhuma esfera social”, conclui o jornalista.

Confira os vencedores deste ano (alternativamente, veja a lista na revista Exame, Veja ou no Terra).

Prêmio do Júri – POC AWARDS 2019)

POC DO ANO: Tarcis Duarte
ARTIVISTA DO ANO: Renata Carvalho
BOY MAGIA: Wanrley Cardoso, para 48 horas
QUE HINO: “Proibido o Carnaval” – Daniela Mercury e Caetano Veloso
MÚSICO POC BRASILEIRO: Renato Enoch, por “Recortes {b}”
PEGUE MEU DINHEIRO (publicidade): Shell – “De Causo em Causo”
UNICÓRNIO (startup): Jow Centro Automotivo
ATIVO 19 (iniciativa): Coordenação de Políticas para LGBTI da Prefeitura de SP

Menções Honrosas – POC AWARDS 2019

MANDA VÍDEO: Inritado, por Porta dos Fundos
GRANDE DIA: Criminalização da homotransfobia
ELAS QUE LUTAM (ativismo): Fábio Felix

Prêmio do Público – POC AWARDS 2019

POC DO ANO: Jesuíta Barbosa
CANCELAMENTO: “É a união de dois caras”
FANFIC (o pior enredo de ficção): Damares com “Frozer”
THE BOSH: Titi Müller com “a galera tá pedindo Anitta demais”
MELHOR AÇÃO PUBLICITÁRIA: Crivella promovendo a literatura LGBT+
GRANDE DIA: Radialista Luiz Gama demitido após comentário homofóbico
TEM LOCAL (turismo): San Francisco, promovido por SFTravel
O AUGE: Pabllo Vittar dando bronca nas colocadas em Salvador
ARTIVISTA: Laerte
BOY MAGIA: Max Souza, Mister Lins 2019
QUE HINO AmarElo” – Emicida, Majur e Pabllo Vittar
CHACOTA DO ANO: Eu mereci
MANDA VÍDEO (cinema): Bixa Travesty, por Linn da Quebrada, Kiko Goifman e Claudia Priscilla
MÚSICO POC BRASILEIRO: Jão
PEGUE MEU DINHEIRO (campanha): Governo da Bahia – “Aqui é Bahia, aqui é respeito”
INSULTO DO ANO: Cidadão de bem
UNICÓRNO (startup): Bicha da Justiça
ELAS QUE LUTAM (ativismo): David Miranda
ARTISTA DO ANO: Tabatha Aquino cantando Gloria Groove no metrô
ATIVO 19 (iniciativa do ano): Felipe Neto
CONTATINHO (plataforma de relacionamento): Grindr
AVANT GARD (empreendedorismo): Suruba Beneficente, de Dedalos Bar
PERSONALIDADE DA MÍDIA: Kaíque Brito
KIT GAY (a maior ameaça que converte héteros em gay): Rodrigo Hilbert

Confira todos os indicados do POC AWARDS 2019 neste link.

VOTE: quem leva o título de Boy Magia 2018?

Sobre assessoria@blocotomecontademim.com.br 244 Artigos
assessoria@blocotomecontademim.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.