VÍDEO: Outros jeitos de usar a boca – Rupi Kaur

boca

Rupi Kaur (Panjabe, 5 de outubro de 1992) é uma poetisa feminista contemporânea, escritora e artista da palavra falada. Ela é popularmente conhecida como Instapoet pela atenção que ela ganha online com seus poemas no Instagram. Ela publicou um livro de poesia e prosa intitulado “milk and honey” (Outros jeitos de usar a boca, no Brasil) em 2015. O livro aborda os temas violência, abuso, amor, perda e feminilidade.

Rupi disse que ela tira inspiração nas histórias e experiências de outras pessoas.[9] Ela é inspirada por escritoras como Anais Nin, Virginia Woolf, e Warsan Shire e começou a escrever poesia “seriamente” em novembro de 2013. Ela também tira inspiração de escrituras Sikh na sua escrita e na sua vida.[2] A paixão de Rupi Kaur pela escrita começou quando ela era nova. Kaur entrou em um concurso de fala e escrita no ensino fundamental. Ela também escrevia cartas para amigos e outras pessoas com quem se relacionava, e eventualmente começou um diário. Durante o ensino médio, ela anonimamente compartilhava seus escritos, e em 2013 ela começou a compartilhar o seu trabalho com o seu próprio nome no Tumblr. Kaur levou a sua escrita ao Instagram em 2014 e começou a adicionar ilustrações simples. Todos seus trabalhos são feitos inteiramente em letras minúsculas e a única pontuação que contem são pontos finais. Ela disse que decidiu escrever assim para honrar a sua cultura, porque na escrita gurmukhi, só há um tipo de letra (não há maiúsculas e minúsculas) e somente pontos finais são usados. Ela diz que também aprecia a igualdade das letras e que seu estilo reflete sua visão de mundo.

O primeiro e único livro de Kaur é uma antologia intitulada Milk and Honey. Uma antologia de poesias, prosa e ilustrações, o livro é dividido em quatro capítulos, cada um com um tema diferente. A seções estão intituladas “the hurting”, “the loving”, “the breaking”, e “the healing”. Kaur originalmente publicou de maneira autônoma seu livro na Amazon em 2014, mas foi tão popular que uma editora, Andrews McNeel Publishing, decidiu adotá-lo para uma segunda impressão em outubro de 2015.[10] O livro esteve nas listas de mais vendidos de literatura canadense na Amazon, entre escritores como Margaret Atwood. Também foi o segundo livro mais vendido da Amazon na categoria poesia. A coletânea também foi um bestseller da lista do New York Times e permaneceu ali por 25 semanas consecutivas. Em outubro de 2016, havia vendido meio milhão de cópias. Milk and Honey foca em temas como amor, perda, trauma, violência sexual, mulheridade e cura.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.